Instituto Politécnico de Lisboa

Ação-Chave 2, Cooperação para a inovação e intercâmbio de boas práticas

  • construir abordagens inovadoras que permitam tornar os programas de educação mais aliciantes;

  • desenvolver novas abordagens e metodologias baseadas nas TIC;

  • aperfeiçoar os processos de validação e reconhecimento de competências a nível nacional, europeu e internacional;

  • aumentar a eficácia das atividades em benefício da comunidade local;

  • aplicar práticas que permitam satisfazer as necessidades de grupos desfavorecimentos e aumentar a tolerância;

  • criar um ambiente moderno, dinâmico, empenhado, profissional e aberto a sinergias com outros setores e organizações;

  • aprofundar a capacidade de trabalhar a nível europeu e internacional, melhorando as competências de gestão

  • estimular a internacionalização, a autossuficiência financeira e a qualidade global dos projetos;

  • desenvolver as competências linguísticas;

  • aumentar o nível de competências para a empregabilidade e empreendedorismo;

  • estimular a participação da cidadania na sociedade;

  • ampliar a compreensão sobre o projeto da UE;

  • melhorar a compreensão dos diferentes sistemas de educação a nível internacional e das interligações entre a educação formal e não-formal;

  • incrementar o número de oportunidades de desenvolvimento profissional;

  • incentivar a motivação e a satisfação no trabalho;

  • desenvolver a qualidade da educação, combinando níveis elevados de excelência com igualdade de acesso;

  • alinhar os sistemas de educação com o mercado de trabalho;

  • reforçar a interação entre prática, investigação e política.