Instituto Politécnico de Lisboa

Unidades de I&D

O Instituto Politécnico de Lisboa assume a investigação como um objetivo estratégico da instituição, incentivando para o efeito a criação de unidades de I&D, acreditadas pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, no seio das suas unidades orgânicas. Estes centros servem de base de apoio para as formações do 2º ciclo, realizando uma investigação aplicada em parcerias estratégicas com empresas de várias áreas científicas.

Escola Superior de Comunicação Social (ESCS)
Instituto de Comunicação e Media de Lisboa - ICML

O ICML é uma instituição de natureza privada sem fins lucrativos, que tem como objeto promover, numa perspetiva pluridisciplinar, a investigação, a consultoria, o debate e a difusão de informação sobre Comunicação e Media, e as formas de intervenção estratégica sobre estes processos.

O ICML mantém um protocolo com a ESCS pelo que a maioria dos seus membros são docentes e investigadores da escola.

A intervenção do ICML decorre na área científica da Comunicação e dos Media, na qual são desenvolvidas linhas de investigação tais como Comunicação e Política, Publicidade e Comunicação, Marketing, Comunicação Estratégica e Relações Públicas, Jornalismo, Media e Discursividades, e Comunicação Multimédia e Cultura Digital.

Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx)
Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais - CIED

É uma unidade de investigação no domínio da Educação, particularmente no âmbito das práticas pedagógicas e de formação de Educadores e Professores. A sua atividade desenvolve-se em torno da complexidade da formação, centrando-se em três grandes dinâmicas interrelacionadas – Contextos, Professores e Práticas. Os estudos organizam-se atualmente em duas linhas de investigação: Currículo e Didática; Educação e Desenvolvimento.

O CIED tem 42 membros efetivos sendo 40 doutorados. Conta também com 30 membros colaboradores, dos quais 17 são doutorandos.

Escola Superior de Música de Lisboa (ESML)
Investigação Desenvolvimento Experimentação Artes - IDEA

O IDEA é uma unidade de investigação afeta à ESML dedicada à Investigação Musical, nomeadamente, de questões relacionadas com a prática artística musical — interpretação, composição e improvisação – e o seu ensino, e outras a si associadas.

O IDEA desenvolve projetos nas áreas definidas nas suas linhas de investigação, acolhendo e integrando nas suas equipas estudantes da ESML ou de outras instituições de ensino ou de investigação com as quais existam protocolos de cooperação.

O IDEA conta atualmente com 29 membros, 17 dos quais são doutores.
Durante o período de 2015-2020, O IDEA funcionará como pólo do CESEM (Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical).

Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC)
Centro de Investigação em Artes e Comunicação - CIAC

O CIAC, resultado da fusão do Centro de Investigação em Ciências da Comunicação e Artes (Universidade do Algarve) e o Centro de Investigação em Teatro e Cinema (ESTC), agrega atualmente 42 investigadores, dos quais 8 são docentes doutorados da ESTC.

O CIAC desenvolve investigação na área dos estudos artísticos (artes, cinema, teatro), comunicação e, mais recentemente, na produção de plataformas e artefactos digitais. Encontra-se organizado em três linhas fundamentais: Arquivos e Memória, Criação de Artefactos Digitais, e Literacias.

O CIAC, centro de investigação financiado, obteve, na sua última avaliação pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia - FCT, a atribuição de BOM.

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL)

Grupo de Investigação em Genética e Metabolismo – GIGM

É um grupo que fomenta a aprendizagem, o ensino e a investigação em genética e bioquímica, integrando abordagens multidisciplinares que permitem a compreensão da variabilidade genética e metabólica e sua associação com a patologia, com a resposta terapêutica, com os fatores nutricionais e ambientais, entre outros.

Este grupo é constituído por 7 investigadores, dos quais 4 são doutorados, e tem como principais linhas de investigação: Genética e suas aplicações, Bioquímica e Metabolismo.

Grupo de Investigação em Ambiente e Saúde – GIAS

Pretende contribuir para a promoção da cultura científica na ESTeSL e apresenta objetivos específicos relacionados com as suas linhas de investigação: Ambiente, Ambiente e Genética, Saúde Pública e Ambiente, e Saúde Ocupacional.

Este grupo é constituído por 14 investigadores, dos quais 8 são doutorados.

Grupo de Investigação em Radiações e Saúde – GIReS

Apresenta como principais linhas de investigação: Radiações em diagnóstico e terapia, Efeitos biológicos produzidos a baixas e altas doses, Proteção contra radiações ionizantes e não-ionizantes, Radiações e Saúde Pública.

O GIReS é constituído por 38 investigadores, sendo que 23 são membros internos da ESTeSL dos quais 13 são doutorados.

Instituto Superior de Contabilidade e Administração (ISCAL)
Centro de Investigação Aplicada do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa – CISCAL

Enquanto Associação, o CISCAL configura-se como uma unidade de investigação e prestação de serviços associados ao ISCAL, a fim de promover o desenvolvimento de competências técnicas e científicas nas suas áreas de formação e, assim, contribuir para uma maior qualificação dos profissionais e investigadores ligados ao mundo académico, às empresas, à Administração Pública e à sociedade, em geral.

Com a plena convicção de que o conhecimento é o motor do progresso das pessoas, das empresas e das nações, o CISCAL, como missão, propõe estimular o exercício da investigação aplicada na sua esfera de intervenção, quer apoiando o desenvolvimento de linhas de investigação, quer promovendo pós-graduações.

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL)

Ao nível da estrutura orgânica, o ISEL é composto por onze Centros de Investigação e Desenvolvimento e por nove Grupos de Investigação, sendo que um docente pode integrar mais que um centro/grupo de investigação. Destes, o CIEQB, UI 702, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia foi classificado com “Bom” até dezembro de 2014.

Os dois centros de ciências de base, CF e CM, desenvolvem atividade em estreita colaboração com as unidades de investigação externa em áreas tão diversas como física da matéria condensada e ciência dos materiais, física teórica de partículas, geofísica interna, sendo que a aplicação de conceitos e métodos matemáticos é considerada fundamental no progresso de diversas áreas do conhecimento, como a engenharia, a química, a física, a biologia, a economia, entre outras.

Os outros centros e grupos realizam a atividade no âmbito das engenharias, abrangendo um vasto campo de atividades desenvolvidas dentro do âmbito das Áreas Departamentais que constituem o ISEL, procurando em diversos casos a ligação ao tecido empresarial, através da celebração de protocolos e contratos específicos existentes na Instituição.