Instituto Politécnico de Lisboa

Autores

Quem são os autores que podem disponibilizar as suas publicações no Repositório?

A maioria dos membros da comunidade académica do IPL pode disponibilizar as suas publicações no Repositório Cientifico do IPL, designadamente: professores, investigadores, mestrandos e pessoal não docente. Os projetos de investigação dos estudantes finalistas também podem ser disponibilizados por indicação dos professores responsáveis da disciplina de Investigação Aplicada.

Que direitos de autor ficam associados aos documentos submetidos?

Os autores devem conceder ao IPL uma licença de distribuição não-exclusiva para arquivar e tornar acessível, nomeadamente através do seu repositório institucional, os seus documentos em formato digital.

Com a concessão desta licença não-exclusiva para arquivar e dar acesso ao seu trabalho, os autores continuam a reter todos os seus direitos de autor e podem fruir e reutilizar os seus trabalhos noutros contextos.

Um documento já publicado pode ser depositado no Repositório?

Todos os direitos de autor são do autor. No entanto, o autor pode ter transmitido ou cedido os mesmos a terceiros, formal e explicitamente (como geralmente acontece na publicação em revistas científicas internacionais).

Os direitos de autor podem ser sempre negociados entre o editor e o autor para que este mantenha o direito de depositar a versão final em acesso aberto. O autor deve conhecer os direitos que cedeu aos editores, ou seja, se cedeu ou não a exclusividade. Contudo, mesmo neste regime, muitos editores permitem o depósito de preprints ou de postprints.

As dissertações de mestrado podem ser depositadas no Repositório?

Os autores das dissertações de mestrado aprovadas pelas unidades orgânicas são obrigados, conforme o art.º 50.º do Decreto-Lei nº 115/2013, de 7 de agosto de 2013, publicado em Diário da República, 1.ª Série, n.º 151, da mesma data, a entregar cópia digital do seu trabalho em CD ou DVD, preferencialmente em formato pdf (Portable Document Format) e a depositá-las num repositório integrante da rede do RCAAP, operado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Após a defesa pública e atribuição do grau, os Serviços Académicos das unidades orgânicas encaminham o documento final para a Biblioteca/Centro de Documentação para depósito no Repositório.

É possível saber quais são as políticas de direitos de autor das editoras?

As políticas de direitos de autor da maioria das editoras podem ser consultadas no sítio Internet do Projeto SHERPA/RoMEO.

O Projeto Sherpa/RoMEO disponibiliza informação relativa às políticas das editoras e revistas que permite confirmar se se pode ou não disponibilizar os documentos e mediante que condições. Caso se desconheça a política editorial das revistas pode solicitar-se autorização à editora para efetuar o depósito.

A nível nacional pode ser consultado o Projecto Blimunda. Este projeto, integrado no âmbito do RCAAP, pretende compilar as políticas de autoarquivo das editoras e revistas científicas nacionais com o objetivo de, posteriormente, ser integrado no Projeto Sherpa/RoMEO.

 O que são preprints?

Um preprint corresponde a uma versão de um conteúdo (artigo, comunicação, etc.) que ainda não foi sujeito a revisão (revisão pelos pares/peer review) e/ou edição. Corresponde a um draft ainda não sujeito a revisão ou outro processo de validação inerente à sua disponibilização pública, à sua publicação.

O que são postprints?

Um postprint corresponde a uma versão que já foi sujeita a revisão e/ou edição e contém todas as alterações introduzidas dessa avaliação. 

Existe alguma data limite de publicação do documento para ser depositado no Repositório?

Não. Toda a produção científica, na qual o autor identifica a sua afiliação a qualquer unidade orgânica do IPL, deverá ser depositada no Repositório Científico do IPL.

Qual a relação do Repositório com a plataforma DeGóis?

O Repositório Científico do IPL encontra-se ligado à plataforma DeGóis. Esta funcionalidade, desde que o autor tenha o seu curriculum vitae na DeGóis, permite atualizar o currículo do autor na plataforma DeGóis a partir do Repositório e vice-versa.

Como fazer a ligação da documentação depositada no Repositório com a plataforma DeGóis?

O autor deverá dirigir-se à Biblioteca da sua unidade orgânica, facultando as suas credenciais de acesso à plataforma DeGóis. Deste modo, no momento do depósito da informação no Repositório Científico do IPL, os metadados do documento serão enviados para o seu currículo na plataforma DeGóis.

O investigador desempenha funções em mais do que uma unidade orgânica do IPL. Em que Comunidade do Repositório deverá ser depositada a documentação produzida por esse investigador?

As Comunidades correspondem a unidades orgânicas e a serviços do IPL. A documentação produzida pelos investigadores deverá ser depositada:

1) na Comunidade da unidade orgânica que identificou no seu trabalho científico; ou 2) na Comunidade correspondente à sua afiliação à instituição; ou 3) nas Comunidades das unidades orgânicas em que exerce.

Quando a documentação é produzida em coautoria por investigadores de mais do que uma unidade orgânica do IPL em que Comunidade deverá ser depositada?

Neste caso, deverá ficar depositada na Comunidade a que pertence o 1.º autor.