Instituto Politécnico de Lisboa

Alunos ESTC apresentam filmes em estreia mundial no Doclisboa

Culturges

05/05/2021 a 10/05/2021

Fotografia ESTC

 

Partilhamos da alegria do Doclisboa ao anunciar o regresso do festival, agendado entre os dias 5 e 10 de Maio, na Culturgest.

 

Serão 7 sessões compostas por 15 filmes, que incluem as estreias mundiais de filmes de antigos e actuais alunos da ESTC, nomeadamente:

 

5 Mai, 16h - "Visões do Império", de Joana Pontes.

Um filme sobre o modo como o império português e a sua história foram imaginados, documentados e publicitados a partir do registo fotográfico, desde o final do século XIX até à revolução que, em 1974, pôs fim ao regime político autoritário que governava Portugal.

 

6 Mai, 19h - "Fé, Esperança e Caridade", realizado em 1993, por Maria João Rocha, e que coloca em "cena" a peça de Ödön von Horváth, construindo o retrato de uma sociedade cínica, mesquinha e egoísta, sempre pronta a desumanizar-se, num período de crise económica e decadência espiritual e moral. Ainda que estranhamente ausente, é considerada a grande obra de teatro televisivo português. Maria João Rocha, que a encenou e realizou, teve um percurso largo pelo teatro enquanto encenadora e na RTP onde realizou vários retratos de artistas portugueses.

Em 1994 recebeu uma menção especial do júri do Festival de Teatro Televisivo do Prémio Itália pela realização do filme.

 

8 Mai,19h - "Da Minha Janela", de Pedro Cabral e "Para outra maré", de Francisca Alarcão (estes dois filmes passam em conjunto com "Me More", de Ángel Montero, "Cristina", de Olívia Guerra e "42.ZE.66", de Eduardo Saraiva).

Cinco olhares sobre a memória e a distância. Em "Da Minha Janela", procura-se o exterior e em "Para outra maré", as praias de Moledo e um pinhal lembram gestos passados.

 

9 Mai, 19h - "Lembra-me da Vida Ali", de João Pedro Barriga (numa sessão com "Terraformar", de Ricardo Moreira, "Praga Regada", de Tomás Abreu, e "Semear, Ouvir, Fluir", de Irina Oliveira).

"Lembra-me da Vida Ali" parte de encontros com as realizadores Catarina Mourão, Susana de Sousa Dias e Catarina Alves Costa para procurar a realidade reconstruída pelo cinema e as questões sobre a vida captada através de uma câmara.

 

Os bilhetes já se encontram disponíveis tanto na bilheteira da Culturgest como na Ticketline. 

www.doclisboa.org