Instituto Politécnico de Lisboa

“Coisas Novas e Coisas Velhas”, de João António Fazenda no IPL

IPL

17 Janeiro 2020

Exposição de Fotografia

A Exposição antológica que mostra o trabalho, em vários géneros da fotografia, ao longo de 50 anos do fotógrafo, que volta à “casa”, onde trabalhou 23 anos, inaugurou a 15 de janeiro, no Espaço Artes – Politécnico de Lisboa, onde vai estar patente até 7 de fevereiro, de segunda a sexta feira das 10h às 19h e aos sábados e domingos entre as 14h e as 18h.

Na abertura da mostra, o presidente do Politécnico de Lisboa, Elmano Margato, fez questão de agradecer a disponibilidade de João António Fazenda, para a mostra das suas fotografias.

Exposição João Fazenda

Paulo Morais-Alexandre, pró-presidente para as Artes do Politécnico de Lisboa, conhece o fotógrafo, por quem tem “amizade e respeito”, desde os tempos em que este foi o Secretário da Escola Superior de Teatro e Cinema. “É interessante ver alguém que fez uma carreira numa outra área, é jurista, mas que sempre se dedicou à fotografia, profissionalmente, com qualidade. Expôs em locais de relevo e ganhou prémios”, disse Paulo Morais na apresentação da exposição, referindo-se ao fotografo. “O que aqui temos é só fotografia e fotografia boa, fotografia na sua dimensão pura”, reforçou.

Exposição João Fazenda

Já João António Fazenda, explicou aos convidados que, ainda que a fotografia tenha sido paralela à sua atividade profissional, “deu sentido à sua vida”, não como objetivo de vida, mas como campo de realização pessoal. “Nós somos unos e múltiplos”, disse.

A exposição “Coisas Novas e Coisas Velhas” dá a conhecer fotografias selecionadas, que João Fazenda considera demonstrativas do seu trabalho, que mostram o seu olhar, o que que viu, o que o emocionou e as suas reflexões. Aos visitantes o fotógrafo deixou um desafio - “vejam as fotografias, com o vosso olhar, porque o olhar de cada um é sempre irrepetível. O meu posso explicá-lo, mas nós nunca gostamos de condicionar o outro a ver o que nós vimos.

Exposição João Fazenda

O presidente do Politécnico de Lisboa, Elmano Margato, João António Fazenda e Paulo Morais-Alexandre, pró-presidente para as Artes do IPL

A mostra de vários géneros da fotografia, a preto e branco e a cores está patente até 7 de fevereiro, no Espaço Artes – Politécnico de Lisboa, um espaço cultural, localizado nos Serviços da Presidência do Politécnico de Lisboa. Esta é mais uma aposta do Politécnico de Lisboa, na promoção e divulgação das artes. Este espaço destina-se a atividades culturais, artísticas e científicas de diversa natureza, nomeadamente exposições, conferências, colóquios, concertos, projeções de filmes e outras apresentações.

Texto de CSS/GCI IPL