Instituto Politécnico de Lisboa

Comissão Europeia atribui mestrado Erasmus Mundus a 'Jogo, Brinquedos e Linguagens na Educação de Infância'

ESELx

27 Julho 2018

ERasmus Mundus

A decisão foi recentemente aprovada na call 2018, para a formação que resulta da parceira entre o Politécnico de Lisboa, através da Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx), a Universidade de Córdoba, em Espanha, que coordena o programa e a Universidade de Marmara, na Turquia. O pprograma conta com um orçamento aprovado de 3.110.000 euros.

Os EMJMD (mestrados conjuntos Erasmus Mundus) são programas de estudos internacionais integrados de prestígio, lecionados em conjunto por um consórcio internacional de instituições de ensino superior. Visam promover a melhoria da qualidade, inovação, excelência e internacionalização das instituições de ensino superior (IES), aumentar a qualidade e a atractividade do sistema de ensino superior europeu e apoiar os melhores alunos de mestrado, de todo o mundo, ao disponibilizar bolsas de estudo. Estas, asseguram todos os custos da participação dos estudantes no mestrado (nomeadamente, propinas, despesas relacionadas com a utilização de bibliotecas ou laboratórios, seguros, etc.), e ainda as despesas de viagem e de instalação e um subsídio de subsistência mensal durante todo o programa de estudos.

O mestrado ministrado na Escola Superior de Educação de Lisboa, tem um plano de estudos único no Espaço de Ensino Superior Europeu e integra, de forma articulada, várias áreas da educação de infância, nomeadamente: o jogo e os brinquedos, a educação intercultural e o ensino de uma segunda língua. Tem a duração de 4 semestres que se organizam da seguinte forma: o primeiro semestre é realizado na Universidade de Córdova, o segundo semestre na Escola Superior de Educação de Lisboa, e o terceiro na Universidade de Marmara.  

Cada semestre oferece um conjunto de unidades curriculares que integram os aspetos educacionais, interculturais e sociais da educação de infância e promovem oportunidades para interagir e colaborar com pessoas de diferentes culturas, nacionalidades, línguas e tradições, permitindo desenvolver uma consciência e competência intercultural e multilinguística.

Uma parte das aulas do 3.º semestre é lecionada no Museu do Brinquedo de Istambul, uma oportunidade única para os estudantes, que podem escolher fazer a dissertação no seu país de origem, num dos países do consórcio ou ainda num dos países cujas instituições integram as parcerias do mestrado.

Inovadora é também a possibilidade dada aos estudantes de escolherem desenvolver a dissertação final no seu país de origem, ou num dos países do consórcio ou países com entidades parceiras.

Podem candidatar-se ao mestrado todos os licenciados em educação, educação de infância, 1.º e 2.º ciclo do ensino básico, psicologia, sociologia, antropologia, filosofia, entre outras.

As saídas profissionais passam por Museus do Brinquedo, Ludotecas, Playwork, empresas como a Robokids, Centros de Investigação, laboratórios dedicados ao brincar e ao jogo, ensino de uma segunda língua na educação de infância.

O programa é coordenado, em Portugal, por Dalila Lino, doutora em Estudos da Criança, Área do Conhecimento em Metodologia e Supervisão em Educação de Infância, pela Universidade do Minho, que em junho foi convidada do talk show "É a vida Alvim", onde falou sobre educação de infância e a importância desta na formação das pessoas. Participam no mestrado as docentes da ESELx, Marina Fuertes, Catarina Tomás, Clarisse Nunes e Antónia Estrela, que constituem grupo de especialistas na área de formação.

Texto de CS/GCI

Imagens de AS/LPM e Produção É a Vida do Alvim

 



É a Vida Alvim Dalila Lino