Instituto Politécnico de Lisboa

Comitiva do IPL visita Universidade Federal da Bahia

IPL

19 Novembro 2019

Comitiva do IPL visita Universidade Federal da Bahia

O Politécnico de Lisboa reforça os laços de cooperação com a Universidade Federal da Bahia, no Brasil, com a visita de uma delegação, constituída por responsáveis das áreas da Comunicação, Investigação e Inovação do IPL, e Serviços Académicos da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL).

No âmbito da estratégia de internacionalização do Politécnico de Lisboa, a delegação do IPL visitou, no dia 18 de novembro, a Universidade Federal da Bahia, considerada a maior e mais influente universidade do estado da Bahia, com mais de 30 mil estudantes.

Ricardo Sangiovanni, jornalista da Universidade Federal da Bahia, com Vanessa Glória, responsável pelo Gabinete de Comunicação e Imagem do IPL, Patrícia Almeida, dirigente dos serviços académicos da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa e Rute Agostinho, reponsável do Gabinete dos Pojetos Especiais e Inovação do IPL

As coordenadoras das áreas da Comunicação, Investigação e Inovação do IPL, e a dirigente dos Serviços Académicos da ESTeSL, foram recebidas na reitoria da universidade, onde puderam trocar experiências e conhecer a realidade destes setores da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

UFBA

Vanessa Glória, responsável do Gabinete de Comunicação e Imagem do IPL, com o jornalista Ricardo Sangiovanni da Universidade Federal da Bahia.

 

 A UFBA regista as origens em 1808, quando o Príncipe Regente Dom João VI institui a Escola de Cirurgia da Bahia, com o primeiro curso universitário do Brasil, logo após a família real portuguesa desembarcar em Salvador.

UFBA

Rute Agostinho, responsável do Gabinete dos Projetos Especiais e Inovação do IPL, com André Ghirardi, Coordenador de Inovação da Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação

 

Atualmente, a instituição de ensino superior público é constituída por 31 unidades universitárias, divididas em escolas, faculdades e institutos universitários, nas mais variadas áreas de formação desde medicina, engenharia, belas artes, comunicação, música, teatro, dança, entre outras. A UFBA tem 4 campus universitários e algumas unidades dispersas pela cidade de Salvador.

texto VG/GCI