Instituto Politécnico de Lisboa

Concerto Camerata Gareguin Aroutiounian e atribuição de Medalha a título póstumo

IPL

17 Junho 2021

Comemorações centenário

COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ARQUIMEDES DA SILVA SANTOS

 

18 DE JUNHO 16h00 Salão Nobre, Serviços da Presidência, Politécnico de Lisboa  Localização 

SESSÃO SOLENE DE HOMENAGEM A ARQUIMEDES DA SILVA SANTOS- emissão via youtube do IPL link

  • Apresentação por alunos da Escola Superior de Dança, Jardim dos Serviços da Presidência
  • Visita à Exposição “Arquimedes da Silva Santos- Onde vai minha voz?”
  • Abertura pelo Presidente do Politécnico de Lisboa, prof. doutor Elmano Margato
  • Apresentação do livro “Arquimedes da Silva Santos: um homem (fora) do seu tempo”, de Miguel Falcão e Isabel Aleixo
  • Elogio de Arquimedes da Silva Santos pela prof. coordenadora jubilada Wanda Ribeiro da Silva  1.ª Diretora da Escola Superior de Dança
  • Atribuição título póstumo, da Medalha de Prata de Emérito  e de Mérito por Serviços Prestados ao IPL, de Primeira Classe
  • Apresentação por alunos da Escola Superior de Dança, Jardim dos Serviços da Presidência

 

16 DE JUNHO  21h00 Auditório Vianna da Mota, Escola Superior de Música de Lisboa Localização
CONCERTO DE HOMENAGEM A ARQUIMEDES DA SILVA SANTOS

Camerata Gareguin Aroutiounian dirigida pelo Maestro Miguel Henriques
Programa
Sergey Prokofiev (1893-1953)
    Sinfonia n.º 1 em Ré maior, Op. 25, "Clássica"

Ludwig van Beethoven
     Sinfonia n.º 1 em Dó maior, Op. 21

Exposição "Arquimedes da Silva Santos: onde vai minha voz” no Espaço Artes do Politécnico de Lisboa

O Politécnico de Lisboa abre as portas do Espaço Artes, em Benfica, para dar início às comemorações do centenário de Arquimedes da Silva Santos, figura ímpar da cultura, defensor do ensino e formação artística, com a inauguração da exposição "Arquimedes da Silva Santos: onde vai minha voz”no dia 2 de junho.

 onde vai minha voz”

Miguel Falcão, docente da ESELX, um dos curadores da exposição

 

No dia do seu centenário, 18 de junho, o Politécnico de Lisboa vai atribuir a Arquimedes da Silva Santos, a título póstumo, a Medalha de Prata de Emérito e de Mérito por Serviços Prestados ao IPL, de Primeira Classe.

Miguel Falcão, docente da Escola Superior de Educação de Lisboa, e um dos curadores da exposição, apresentou de forma genérica a mostra aos visitantes através de um conjunto de painéis temáticos que mostram aspetos significativos da vida e da obra de Arquimedes da Silva Santos (1921-2019), poeta, médico e psicopedagogo, considerado pioneiro do neorrealismo português e precursor da Educação pela Arte em Portugal.

No dia da inauguração também passou a estar online um site dedicado inteiramente ao homenageado. Com entrada gratuita a mostra vai estar patente até ao dia 2 de julho, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 19h00.

 

 onde vai minha voz”

O Presidente do IPL, Elmano Margato congratula a iniciativa

 

Ligado ao ensino das artes e ao ensino destas no Politécnico de Lisboa, Arquimedes da Silva Santos foi professor coordenador na Escola Superior de Dança, onde se manteve até à reforma em 1991, tendo exercido outros cargos e sido responsável pela criação do ramo de Educação destinado à formação de professores de Dança. 

 

 onde vai minha voz”

Luísa Santos, filha do homenageado, também é curadora da exposição.

 

A exposição, concebida e  preparada para ser itinerante em diferentes instituições e contextos do país de algum modo ligados ao percurso do homenageado, tem  a curadoria de Luísa Duarte Santos (filha do homenageado), Miguel Falcão (docente da Escola Superior de Educação de Lisboa) e Vanda Nascimento (professora da Escola Superior de Dança), e design de Cátia Rijo (docente da ESELX).

Texto de VG/GCI-IPL
Fotos de DS/GCI-IPL