Instituto Politécnico de Lisboa

Conselho Geral do IPL aprova valor de propinas

IPL

24 Julho 2020

Politécnico de Lisboa

A votação do valor das propinas a aplicar no próximo ano letivo foi um dos pontos da ordem de trabalhos da reunião do Conselho Geral do IPL, que decorreu a 6 de julho. Em cima da mesa estava a proposta do presidente do IPL, para os cursos conferentes de grau, depois de ouvidos os membros do Conselho Permanente do IPL e do Provedor do Estudante.

Aprovada por maioria, a proposta define o valor de 697€ para as licenciaturas de todas as Unidades Orgânicas do Politécnico de Lisboa. Este valor é o limite fixado na Lei do Orçamento de Estado para 2020 e aplica-se, também, aos mestrados integrados e mestrados profissionalizantes.

A proposta levada ao Conselho Geral teve por base o valor máximo definido para este ano na Assembleia da República, o que significa uma redução de cerca de 20%, face a 2019, ano em que o valor máximo de propina foi de 871€.

Nos restantes cursos de 2.º ciclo, a propina varia de acordo com a instituição. Na proposta aprovada em Conselho Geral incluem-se os valores a aplicar aos estudantes internacionais que vão dos 3300€ nas áreas da Comunicação, Educação e Ciências Empresariais, 6100€ para as áreas da Tecnologia e Saúde e 6900€ para as Artes, valores aplicáveis aos estudantes com origem fora do espaço da CPLP.

No caso dos estudantes da CPLP os valores são de 1650€ para Comunicação, Educação e Ciências Empresariais, 3050€, Tecnologia e Saúde e 3450€ nas Artes.

No documento são, também, fixadas as propinas para a frequência de unidades curriculares (UC) isoladas, sendo de 50€ por cada crédito ECTS atribuído à UC.

Texto de CSS/GCI IPL