Instituto Politécnico de Lisboa

Diplomados da Escola Superior de Teatro e Cinema somam prémios

ESTC

15 Julho 2019

Ave Rara

O Curtas Vila do Conde elegeu para melhor filme da competição nacional deste ano, "Ave Rara" do português Vasco Saltão, formado pela Escola Superior de Teatro e Cinema. A escola artística do Politécnico de Lisboa também venceu na secção Take One!, dedicada às escolas de cinema, com "Em Caso de Fogo", de Tomás Paula Marques. Já Leonor Noivo teve filme premiado no Festival de Marselha.

Na 27.ª edição do festival Curtas Vila do Conde, o prémio da competição internacional foi atribuído à espanhola Elena López Riera, pelo filme 'Los Que Desean', Purpleboy', de Alexandre Siqueira, foi considerado o melhor filme de animação, 'Demonic', de Pie Borg, o melhor documentário, e 'Les Extraordinaires Mésaventures de la Jeune Fille de Pierre', de Gabriel Abrantes, a melhor ficção.

Vasco Saltão nasceu em Lisboa, em 1979, "Ave Rara" é o seu primeiro filme enquanto realizador. Trabalha, profissionalmente, em Cinema desde 2002, nas áreas de Argumento e Imagem, tendo no curriculum trabalhos com realizadores como Leonor Noivo, também diplomada pela ESTC, cujo filme "Raposa" recebeu dois prémios na 30.ª edição do certame francês que decorreu em Marselha.

Leonor Noivo

O filme da realizador portuguesa, uma média-metragem documental que aborda um dos aspetos das doenças psiquiátricas comportamentais, recebeu menções especiais em dois prémios da competição internacional do evento.

Leonor Noivo é uma das criadoras da Terratreme Filmes, que assumiu a produção e distribuição do filme e assumiu também a produção de "Ave Rara" de Vasco Saltão.