Instituto Politécnico de Lisboa

Docente da ESML dirige concerto no Patriarcado de Lisboa

ESML

24 Janeiro 2019

Docente João Vaz

João Vaz, organista e docente da Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), dirigiu o Concerto de Ano Novo do Patriarcado de Lisboa, que teve lugar na igreja de S. Vicente de Fora (Lisboa), no dia 22 de janeiro, tendo, este, sido marcado pela presença do Bispo D. Nuno Brás da Silva Martins e pelo ensemble Capella Patriarchal.

D. Nuno Martins

D. Nuno Brás da Silva Martins deu as boas-vindas a todos os presentes, deixando votos de um bom ano e salientando "não poder haver melhor forma de o celebrar, se não com um concerto com excelentes músicos", agradecendo a participação de João Vaz e dos Capella Patriarchal.

Capella PatriarchalO ensemble Capella Patriarchal, sob a direção do organista João Vaz, apresentou, em estreia moderna, as "Lamentações de Quinta-Feira Santa", obra original de Frei Fernando de Almeida, pertencente à Ordem de Cristo.

João Vaz anunciou o lançamento em 2019 da primeira edição moderna das obras completas de Frei Fernando de Almeida. O projeto, com coordenação de João Vaz, especialista em Órgão, reconhecido pelos projetos gravados em órgãos históricos portugueses, e de João Pedro Alvarenga, resulta de uma cooperação entre o Politécnico de Lisboa, o Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical e a Associação das Universidades de Língua Portuguesa

Os Capella Patriarchal integram dez elementos: Mariana Moldão e Inês Lopes (sopranos), Carolina Figueiredo e Fátima Nunes (contraltos), João Rodrigues e Pedro Rodrigues (tenores), Manuel Rebelo e Hugo Oliveira (baixos) e por Sérgio Silva e João Vaz (órgãos). O grupo tem como objetivo divulgar os “tesouros” da música sacra portuguesa.

João Vaz O concerto dividiu-se em duas partes, sendo a primeira a interpretação de quatro peças por João Vaz, no órgão histórico da igreja de São Vicente de Fora. Este órgão, um dos maiores e mais importantes órgãos históricos da Pensínsula Ibérica, conta com mais de 250 anos de existência. A segunda parte do concerto centrou-se na interpretação do ensemble Capella Patriarchal, da obra de Frei Fernando de Almeida.

Paulo Morais, Cristina Perdigão e João VazForam muitos os que se deslocaram até à igreja de São Vicente de Fora para assistir ao concerto com, características únicas, que assinalou o início do novo ano do Patriarcado de Lisboa. Estiveram presentes, o Bispo D. Daniel Batalha Henriques, o antigo embaixador da Áustria, Thomas Stelzera vice-presidente do Politécnico de Lisboa, Cristina Perdigão e o pró-presidente para as Artes, Paulo Morais-Alexandre

Texto e imagem LR/GCI

Igreja de São Vicente de Fora Igreja de São Vicente de Fora Igreja de São Vicente de Fora Igreja de São Vicente de Fora Igreja de São Vicente de Fora Igreja de São Vicente de Fora Igreja de São Vicente de Fora