Instituto Politécnico de Lisboa

ESD dá as boas vindas aos novos estudantes

ESD

1 Outubro 2018

Abertura do ano letivo da ESD

Os primeiros que ingressam na escola artística, atualmente em funcionamento nas instalações do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, sem passar pelo Bairro Alto, onde esteve até março deste ano. A sessão de acolhimento decorreu no auditório principal, onde se juntaram estudantes, docentes e não docentes unidos para promover a integração dos jovens que escolheram a Escola Superior de Dança para  fazer formação superior.

Vanda Nascimento, diretora da ESD

"Vocês estudantes são a razão de existência da nossa instituição", frisou Vanda Nascimento, diretora da ESD, ressaltando o momento "especial de adaptações e novos desafios" que a escola vive, com a mudança transitória para o ISEL, enquanto aguarda a construção do futuro edifício no Campus de Benfica do IPL.

A dirigente fez questão de falar da história da Escola Superior de Dança, cuja atividade iniciou em 1986 com apenas 16 alunos. Hoje, bem longe dessa realidade, a instituição tem cerca de 200 estudantes entre licenciatura e mestrado.

Nas boas-vindas ficou bem patente o espírito de proximidade que se vive e fomenta na instituição. Todos os líderes dos órgãos da Escola fizeram questão de transmitir uma mensagem positiva aos novos alunos, e foram dados a conhecer todos, ou pelo menos a maioria dos docentes e não docentes.

Raquel Silveira da AESD

Nesta estratégia de acolhimento merece destaque o papel da Associação de Estudantes da ESD (AESD), que promoveu a visita às instalações e apelou à participação na estrutura associativa para fazer parte da mudança e não apenas da crítica. "Sejam ativos e participativos", referiu Raquel Silveira, vice-presidente da AESD.

Texto de CSS/GCI
Fotos de MN/GCI