Instituto Politécnico de Lisboa

ESTC volta a dar cartas nos Globos de Ouro e festivais de cinema

ESTC

30 Setembro 2019

Globos de Ouro

A 24.ª gala dos Globos de Ouro, que decorreu ontem, 29 de setembro, no Coliseu dos Recreios, voltou a premiar diplomados e docentes da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC). A juntar-se aos galardões, o fllme português produzido pela escola artística do Politécnico de Lisboa, "Em caso de fogo", vence competição estudantil de Festival de San Sebastián.

Luisa Cruz

Luísa Cruz venceu o terceiro globo da carreira como Melhor Atriz de Teatro, com a participação em “A criada Zerlina”. A artista, licenciada em Teatro e Cinema pela Escola Superior do Conservatório Nacional de Lisboa conta com mais de 30 anos de teatro profissional e uma extensa lista de interpretações.

Tio Vânia

Ainda na categoria de Teatro, "Tio Vânia" de Bruno Bravo, diplomado da ESTC, onde é docente, venceu o prémio de Melhor Peça/Espectáculo. Do elenco destaca-se Luís Miguel Cintra, que foi professor na escola artística, que aceitou o desafio de integrar a peça.

Raiva

Também no Cinema a ESTC é assinalada, com o filme "Raiva" de Sérgio Tréfaut, em que Fátima Ribeiro, docente e professora especialista da ESTC, foi uma das responsáveis pela adaptação da obra "Seara do Vento”, de Manuel da Fonseca.

Em caso de fogo

Paralelamente, no 67.º Festival de San Sebastián, que decorreu entre 20 e 28 de setembro, premiou na secção Nest Film Students, "Em caso de fogo", filme produzido pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Em análise estiveram 14 curtas-metragens, escolhidas a partir de 373 candidaturas. O júri escolheu o trabalho de Tomás Paula Marques, por “criar um retrato sugestivo e subtil da adolescência no Portugal rural”, segundo comunicado divulgado pela organização do festival. O realizador nasceu no Porto, em 1994, mas chega a Lisboa em 2013 para estudar na Escola Superior de Teatro e Cinema, onde se licenciou em Cinema, ramo Realização.

Globos de Ouro premeiam diplomada da ESCS

Mariana Cabral

Mariana Cabral, mais conhecida como “Bumba na Fofinha”, é diplomada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e venceu o Globo de Ouro de Personalidade do Ano no Digital, uma nova categoria de prémios.

Mariana iniciou-se como blogger, tendo desde logo começado a ganhar seguidores. Em 2013 Mariana juntou-se ao Youtube, onde já conta com mais de 200 mil seguidores.

Os vídeos do canal "Bumba na Fofinha" são caracterizados pelo sentido de humor e refletem assuntos atuais com os quais nos identificamos.

Mariana Cabral não esteve presente na cerimónia, ainda sim, não deixou de fazer um vídeo de agradecimento caracterizado pela descontração e boa disposição.

Texto de CSS/GCI IPL