Instituto Politécnico de Lisboa

Globos de Ouro premeiam talentos da Escola Superior de Teatro e Cinema

ESTC

21 Maio 2018

Globos de Ouro

Foram 6 os galardoados nas categorias de teatro e cinema, com origem na escola artística do Politécnico de Lisboa. A cerimónia que se realiza anualmente, decorreu ontem no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, com a estreia de César Mourão como apresentador.

Para Nuno Lopes e Rita Blanco não foi novidade subir ao palco do Coliseu dos Recreios, para receber o Globo de Ouro de melhor ator/atriz de cinema, dado ser o quarto galardão para cada um dos atores. Para Marco Martins, premiado em 2006, com o Melhor Filme, Alice, este foi o segundo prémio, este ano com o filme "São Jorge". Já para Rita Cabaço, melhor atriz de Teatro e Miguel Loureiro, melhor ator de Teatro foi uma estreia, conquistada com as interpretações na peça Estupidez de Rafael Spregelburd e o espetáculo "Esquecer", respetivamente.

Os atores e realizador distinguidos na cerimónia que reune centenas de personalidades das áreas a que se destinam os prémios, partilham a mesma origem, na Escola Superior de Teatro e Cinema, onde se formaram. Pela mesma "casa" passou Tiago Rodrigues, encenador de "Sopro", trabalho galardoado com o globo de Ouro de Melhor Peça/Espetáculo. 

A presença de artistas formados na academia do Politécnico de Lisboa não fica pelos galardoados. Marlene Freitas, que vai receber o Leão de Prata da Bienal de Veneza em junho deste ano, viu a criação Bacantes: Prelúdio para uma Purga, nomeada para o Globo de Ouro na categoria de Melhor Peça/Espetáculo.

Os Globos de Ouro são troféus atribuídos, anualmente, em Portugal, desde 1995 que resultam de uma organização conjunta da estação de televisão SIC e da revista Caras. O objetivo é premiar profissionais do cinema, teatro, desporto, televisão, música e moda.

 

Texto de CS/GCI
Fotos: Revista Caras

Marco Martins (esposa) Miguel Loureiro Nuno Lopes Rita Blanco Rita Cabaço Tiago Rodrigues