Instituto Politécnico de Lisboa

IPL promove Webinar sobre Qualidade nas Artes

IPL

3 Julho 2020

imagem_principal

Estabelecer parâmetros e definir métodos para avaliar a Qualidade na área das Artes do Politécnico de Lisboa (IPL), foram os objetivos do webinar "Para uma Taxonomia do Teatro e da Dança", que decorreu no dia 29 de junho de 2020. 
Os pró-presidentes para as áreas da Qualidade e das Artes do IPL, professores Hélder Pita e Paulo Morais -Alexandre, respetivamente, coordenaram a videoconferência.

O Webinar foi organizado pela Comissão Executiva para a Qualidade e pelo Gabinete de Qualidade e Acreditação do Politécnico de Lisboa. Participaram na mesma vários convidados, nomeadamente responsáveis pelas escolas do IPL que ministram ensino artístico e outros interessados.

Segundo Paulo Morais, pró-presidente do IPL, «a parametrização da atividade artística permite que esta seja considerada a todos os níveis, à semelhança do que acontece com a investigação científica, possibilitando, nomeadamente, uma monitorização eficaz das criações, interpretações, das assistências relevantes e também da produção de texto crítico, comissariados, direções artísticas, etc... quer no que às atividades dos docentes diz respeito, mas também relativamente às produções da escola, permitindo também aferir da relevância destas o que é feito através da contabilização de prémios, récitas, importância das salas de exibição, etc.»

Estudantes da ESTC Estudantes da ESD

(Esquerda) Estudantes de Teatro da ESTC nos bastidores do Teatro D.Maria II. (Direita) Criações coreográficas da Escola Superior de Dança

A identificação e monitorização das criações artísticas, por sua vez, facilita a integração desta informação nos currículos e documentos de gestão do IPL e evidencia a qualidade das mesmas. Assim, «a obtenção de indicadores fornece uma paisagem artística das escolas do IPL e das suas práticas. A taxonomia é, por isso, uma ferramenta muito útil», considerou David Antunes, presidente da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC).

Ao longo do Webinar, foram diversas as intervenções, entre quais a professora Maria José Fazenda da Escola Superior de Dança (ESD), que incidiu sobre a intervenção artística em dança, o professor António Polainas, da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC), que contribui para a área da realização plástica nas artes performativas e David Antunes, presidente da ESTC, que interveio na taxonomia para o Teatro. 

Texto e Imagem MN/GCI