Instituto Politécnico de Lisboa

Ponte entre Arte e Ciência em exposição no Espaço Artes - Politécnico de Lisboa

IPL

15 Abril 2021

“Desenho e Ilustração Científica”

“Desenho e Ilustração Científica” reúne os trabalhos desenvolvidos por estudantes de Artes Visuais e Tecnologias da Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx), nas unidades curriculares de Desenho Científico I e II. Maria João Escudeiro, vice-presidente do IPL foi quem inaugurou e deu as boas-vindas aos convidados possíveis, para a inauguração da mais recente exposição patente no Espaço Artes – Politécnico de Lisboa, que reabre depois de meses de confinamento e vai estar patente até 30 de abril.

Maria João Escudeiro
Maria João Escudeiro, vice-presidente do IPL

Paulo Morais-Alexandre
Paulo Morais-Alexandre, pró-presidente do IPL

Para Paulo Morais-Alexandre, pró-presidente do IPL para as Artes, esta exposição pode ser uma plataforma para outro patamar. O responsável pela dinamização da galeria do Politécnico de Lisboa, deu a conhecer o desafio lançado por Leonardo Charreu, docente da ESELx e curador da exposição, que passa por avançar para um projeto de investigação que envolva as restantes Unidades Orgânicas da instituição. É caso da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL), em que há uma série de cursos que se prendem com alguns dos trabalhos expostos. Para o pró-presidente, “passar para um outro nível e fazer uma abordagem conjunta” é o passo a dar.

A exposição, que já esteve disponível, virtualmente, no site da ESELx, entre 17 de junho e 17 de julho de 2020, resulta do trabalho desenvolvido em duas disciplinas, “que estão num processo de crescimento", desenho Científico I e Desenho Científico II, "a primeira de natureza mais analógica e manual e a segunda mais digital”, refere Leonardo Charreu. “Esta é uma área interessante, que talvez permita fazer pontes com as restantes Unidades Orgânicas”.

Leonardo Charréu
Leonardo Charreu, docente da ESELx

O docente ressalta que uma boa parte do trabalho exposto foi feito em confinamento, “é trabalho à distância”. A mostra integra 40 trabalhos selecionados de mais de 100. Leonardo Charreu refere que alguns alunos, já obtiveram, inclusive, prémios nacionais.

Paulo Morais-Alexandre desvenda algumas das futuras exposições do Espaço Artes, destacando a fotógrafa internacional, Maria José Paula,
e o cenógrafo, António Casimiro. Na forja está também uma exposição
de fotografia de Dança.

O pró-presidente do IPL fala das dificuldades na divulgação da galeria do Politécnico de Lisboa dentro da comunidade académica, realidade comprovada por Mariana Faria, aluna da licenciatura em Mediação Artística e Cultural, que no decurso de um estágio no Gabinete de Comunicação e Imagem do IPL, traçou um diagnóstico do Espaço Artes, e apresentou uma análise do que pode ser no futuro.

Exposição

Ver catálogo

“O espaço é de todos nós”, reforçou Paulo Morais-Alexandre. “Vamos ter ideias para o Espaço Artes, disse, ao lançar o repto às direções das escolas e institutos superiores do IPL, para que sugiram exposições e usufruam do espaço para a realização de colóquios e conferências.

Na inauguração da exposição, para além de membros da equipa da presidência do IPL estiveram os presidentes das Escolas Superiores de Comunicação Social, André Sendin, Educação, Carlos Pires, do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, José Nascimento e o diretor interino da Escola Superior de Dança, Edgar Fortes.

Texto de CSS/GCI IPL
Imagens de DB/GCI IPL