Instituto Politécnico de Lisboa

Pró-presidente do IPL para as Artes condecorado pelo Exército

IPL

25 Março 2019

pró-presidente do IPL para as Artes, Paulo Morais-Alexandre

Paulo Morais-Alexandre foi agraciado com a medalha de Mérito Militar, D. Afonso Henriques, 1.ª classe, pelo General José Nunes da Fonseca, Chefe do Estado Maior do Exército, por proposta do Major-General Aníbal Flambó, diretor da Direção da História e Cultura Militar.

O louvor teve por base o "relevante desempenho na preservação e divulgação da História e Cultura Militar, prestigiando o Exército Português e as Forças Armadas.

louvor

O pró-presidente do Politécnico de Lisboa colabora desde há vários anos, com a direção do Serviço Histórico-Militar, atual direção de História e Cultura Militar, na área da Heráldica Militar. Neste âmbito, o também docente da Escola Superior de Teatro e Cinema e da Escola Superior de Educação de Lisboa, desenvolveu pesquisas que culminaram na tese de Doutoramento sobre Heráldica do Exército XX, na Universidade de Coimbra.

A medalha D. Afonso Henriques é uma das medalhas privativas do Ministério da Defesa Nacional, do Estado-Maio- General e dos Ramos das Forças Armadas, destinadas a galardoar os militares e civis, nacionais ou estrangeiros, que, no âmbito técnico-profissional, revelem elevada competência, extraordinário desempenho e relevantes qualidades pessoais, contribuindo significativamente para a eficiência, prestígio e cumprimento da missão destas entidades. O Regulamento da Medalha Militar e das Medalhas Comemorativas das Forças Armadas define que a concessão da classe das medalhas privativas a civis é feita, tendo em conta a função exercida e o valor dos serviços prestados.


pró-presidente do IPL para as Artes, Paulo Morais-Alexandre