Instituto Politécnico de Lisboa

Samuel Rego toma posse como Diretor da Escola Superior de Dança

ESD

3 Maio 2021

Samuel Rego e Elmano Margato

A cerimónia decorreu, hoje, nos Serviços da Presidência do Politécnico de Lisboa, com a presença do presidente, Elmano Margato, dos líderes dos vários órgãos de gestão da escola artística do IPL, da presidente da Associação Académica da escola e alguns docentes. As primeiras palavras do novo diretor foram de compromisso e “entrega total ao projeto que corresponde a uma motivação de uma vasta equipa”.

A posse de Samuel Rego acontece nove meses depois da eleição, por unanimidade, dos membros que integram o Conselho de Representantes da escola artística. Foi possível graças à recente publicação do decreto-lei 27/2021, que regula a remuneração de diretores de unidades orgânicas de ensino superior, não integrados em carreira docente ou de investigação científica da instituição e que preenche uma omissão na anterior legislação.

Posse de Samuel Rego

Depois de um agradecimento a Vanda Nascimento (anterior diretora eleita), pelo trabalho desenvolvido na escola artística do IPL, o novo diretor, disse esperar estar à altura para superar todos os constrangimentos ao nível do funcionamento da escola artística, referindo-se à vontade de “contribuir para colocar termo à indefinição ao nível das infraestruturas e instalações de uma escola incontornável do ensino artístico nacional”.

Posse de Samuel Rego

Neste mandato pretende reforçar os laços de cooperação internacional e trazer mais mundo para o panorama da dança portuguesa, através da Escola Superior de Dança. “Os ingredientes para consolidar o trabalho realizado estão nas nossas mãos”, frisou. Deixou expressa a sua crença na “absoluta vontade de prosperar e crescer a partir da escola e para a escola”, contando com a colaboração de todos.

Elmano Margato, presidente do IPL, felicitou o novo diretor da Escola Superior de Dança, mostrando total disponibilidade da instituição para cooperar com a escola artística e todos os órgãos que a integram.

Samuel Rego é licenciado em História, vertente de Património Cultural pela Universidade de Évora, pós-graduado em Qualificação Urbana pela Faculdade de Engenharia da Universidade Católica e mestre em Políticas Comunitárias e Cooperação Territorial pela Universidade do Minho.

Foi diretor-geral das Artes entre 2011 e a 2015 e subdiretor-geral na Direção-Geral do Património Cultural de 2015 a 2016, com o pelouro da gestão dos Museus, Palácios e Monumentos.

Em 2016, foi nomeado membro do Conselho de Administração da entidade pública empresarial que gere o Teatro Nacional de São Carlos e a Companhia Nacional de Bailado, em especial tendo a cargo a supervisão desta última.

Texto de CSS/GCI IPL
Imagens de DS/GCI IPL