Instituto Politécnico de Lisboa

Medidas preventivas

Como posso evitar ser infetado pelo SARS-CoV-2?

  • Mantenha o distanciamento social;
  • Evite contacto próximo (< 2 metros) com doentes com infeções respiratórias;
  • Lave frequentemente as maõs com água e sabão, esfregando-as bem durante pelo menos 20 segundos. Pode também usar em alternativa, para higiene das mãos, uma solução à base de álcool;
  • Evite o contacto direto com alguém que tenha sintomas, como febre e tosse;
  • Reforce a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos, após o uso da casa de banho e sempre que as mãos lhe pareçam sujas;
  • Use lenços de papel (de utilização única) para se assoar, e deite os lenços usados num caixote do lixo lavando de seguida as mãos;
  • Tussa ou espirre para o braço com o cotovelo fletido, e não para as mãos- ver etiqueta respiratória;
  • Evite tocar nos olhos, no nariz e na boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias;
  • Se estiver num mercado de animais vivos situado numa região atualmente infetada pelo novo coronavírus, evite o contacto direto e desprotegido com animais vivos e as superfícies circundantes;
  • Deve evitar o consumo de produtos de origem animal crus ou mal cozinhados;
  • Mantenha um registo diário da sua temperatura corporal durante as suas viagens em serviço e monitorize o seu estado de saúde e quaisquer sintomas que possa ter durante as deslocações oficiais e até 14 dias após o seu regresso.

Tenho de usar máscara para me proteger?

A máscara é um complemento de segurança que não substitui o afastamento físico, a etiqueta respiratória e a higienização frequente das mãos.

Sendo benéfico quando correto, o uso incorreto da máscara, por estar mal colocada ou devido ao contacto com as mãos, pode comprometer a sua proteção.

Recomenda-se a utilização de máscara por todos os membros da comunidade do Politécnico de Lisboa, fora da sua residência, nomeadamente aquando da sua deslocação a instalações do IPL e das suas Escolas/Institutos. 

O que devo fazer se tiver tido contacto próximo com uma pessoa infetada?

Se tem sintomas (febre, tosse ou dificuldade em respirar) deve:

  • ligar para o SNS 24 – 808 24 24 24 e seguir as orientações dadas
  • evitar estar próximo de pessoas

Se não tem sintomas (febretosse ou dificuldade em respirar) deve:

  • evitar estar próximo de pessoas durante 14 dias
  • medir a temperatura 2 vezes por dia

Quem tem maior risco de desenvolver formas graves de COVID-19 ?

Na distribuição de casos a nível mundial, as pessoas idosas ou aquelas que tenham doença crónica parecem ser mais suscetíveis à infeção causada pelo novo coronavírus (por exemplo, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, doenças respiratórias crónicas e cancro).

As crianças também correm risco de infeção?

O novo coronavírus apresenta-se com padrão de doença relativamente rara e ligeira.

E as mulheres grávidas?

Não há evidência científica sobre a gravidade da doença em mulheres grávidas após a infeção pelo novo coronavírus. Contudo, recomenda-se que as mulheres grávidas tenham as mesmas precauções de prevenção face ao novo coronavírus.

Enquanto cidadão o que posso fazer para ajudar?

Só se tiver sintomas ou esteve perto de alguém com doença confirmada, ligue para o SNS 24 (808 24 24 24) antes de se deslocar a um serviço de saúde

Cumprir as recomendações oficiais, nomeadamente:

  • - evitar contacto próximo (1 a 2 metros) com doentes com infeções respiratórias

- mantenha-se informado em canais digitais oficiais (Direcção-Geral da Saúde e SNS 24)

- evite propagar notícias falsas (fake news)

- respeite as indicações de isolamento, mas cumpra mesmo- Orientações de isolamento e distanciamento social (ver documento)

Fonte: Direção-Geral da Saúde (DGS)

protocolo de saídaprotocolo de convivencia de pessoas de saída

PROTOCOLO