Passar para o conteúdo principal

h1

19.07.2022
foto de pessoas num encontro com apresentação de comunicações

Decorreu entre 12 e 14 de julho de 2022, o XXXI Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa - AULP, subordinado ao tema “Globalização e Saúde”. Depois de dois anos em que os constrangimentos da pandemia de SARS-CoV-2 levaram a um cancelamento da iniciativa, em 2020, e à dinamização da mesma online, em 2021, a AULP voltou a promover o seu encontro anual presencialmente, tendo sido a Universidade de Coimbra a anfitriã desta edição.

O Politécnico de Lisboa é uma das instituições membro da associação, tendo participado neste Encontro o presidente do Politécnico de Lisboa, Elmano Margato, os pró presidentes para a Internacionalização e Cooperação e Qualidade, Fernando Melício e Manuel Matos, respetivamente, e a pró-presidente para o Sucesso Escolar e Competências Transversais, Rute Agostinho, bem como vários docentes das unidades orgânicas, que apresentaram comunicações nos diferentes painéis do Encontro.

Tendo em vista promover a cooperação com os países da CPLP, durante o Encontro em Coimbra, o Politécnico de Lisboa assinou um acordo de parceria com a Universidade Alberto Chipanda, em Moçambique.

Criada em 1986, a Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP) tem como missão promover a cooperação e troca de informação entre Universidades e Institutos Superiores. É constituída por 130 membros dos oito países de língua oficial portuguesa – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor – e Macau (RAEM). A dispersão dos seus membros leva a que os encontros anuais assumam um caráter itinerante e reúnam contribuições de diversas latitudes, enriquecendo o debate científico e favorecendo a relação entre os membros da comunidade. Assim, em 2023 o Encontro Anual da AULP irá decorrer em São Tomé e Príncipe.

Comunicações apresentadas pelo Politécnico de Lisboa no XXXI Encontro da AULP

  • Ensino remoto de emergência versus ensino presencial: perceção dos estudantes do ensino superior português - Carla Martinho (ISCAL); Adriana Cardoso (ESELx);
  • A valorização das competências transversais e de empregabilidade no Politécnico de Lisboa - Rute Agostinho (Serviços da Presidência);
  • Cursos colaborativos de Engenharia Biomédica para a comunidade Lusófona - Manuel Matos (ISEL e Serviços da Presidência);
  • O Espaço Artes – Politécnico de Lisboa como exemplo de boa prática cultural - Paulo Morais-Alexandre (ESTC);
  • Percursos didáticos para a consciencialização ambiental em aulas de PLE - Antónia Estrela (ESELx) e Vanda Magarreiro (ISEL);
  • A Gestão do Conhecimento e os Processos Cognitivos no Contexto da Organização - Rui Franganito (ISCAL).

 

 

 

Image
Image
Image
Image