Passar para o conteúdo principal

h1

12.09.2022
estudantes juntos à frente da escola

O Politécnico de Lisboa é cada vez mais uma referência no panorama nacional, assim o comprovam os resultados divulgados, a 10 de setembro, pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que indicam 9 413 candidatos para um total de 2 315 vagas disponíveis nas 5 Escolas do Politécnico de Lisboa, na 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA).

Foram colocados 2 203 candidatos nas 41 licenciaturas cujo ingresso decorre através do CNA. Este valor corresponde a um aumento de 2,1% na taxa de colocação (95,2%) relativamente a 2021 (93,1%) na fase homóloga.

Às vagas disponíveis no CNA somam-se as 251, referentes às Escolas artísticas do Politécnico de Lisboa: Escola Superior de Dança, Escola Superior de Música de Lisboa e Escola Superior de Teatro e Cinema, com acesso realizado através de concurso local e as colocações através de concursos especiais, onde se incluem os maiores de 23, os estudantes internacionais, entre outros.

Os resultados mostram a atratividade do IPL, destacando-se um número de candidatos em primeira opção (3 170) muito superior ao número de vagas disponibilizado. De realçar, no universo da oferta formativa do Politécnico de Lisboa, as notas do último colocado nas licenciaturas:

 

  • Ciências Biomédicas Laboratoriais (167,4) | Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL)
  • Gestão (162,6) | Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL)
  • Publicidade e Marketing (162,5) | Escola Superior de Comunicação Social (ESCS)
  • Engenharia Biomédica (152,4) | Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL)
  • Artes Visuais e Tecnologias (152,5) | Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx)

 

No que diz respeito aos dados nacionais, à 1.ª fase concorreram 61 507 candidatos (redução de 3.9% em relação a 2021). Ainda assim, segundo dados do MCTES, esta fase teve menos candidatos do que no ano passado (61 507), ainda que seja um dos valores mais altos dos últimos anos. Apesar dos números divulgados, o total de colocados sobe em relação a 2021, sendo o segundo mais alto desde 1989 (49 806).

O concurso nacional de acesso iniciou com 53 640 vagas, mas teve um reforço de mais 1 001, no seguimento de uma medida extraordinária contemplada no despacho n.º 10275-B/2022, que permitiu às Instituições de Ensino Superior definir vagas adicionais. Esta decisão foi tomada na sequência de uma tendência de aumento, do número de candidatos, verificada pelo terceiro ano consecutivo.

Encerrada a 1.ª fase do CNA, 81% dos candidatos garantiram um lugar numa instituição de ensino superior e 84% entraram numa das três primeiras opções. Para a 2.ª fase do concurso, que inicia a 12 e termina a 23 de setembro, existem 5 284 vagas, 132 das quais no Politécnico de Lisboa. O resultado é divulgado a 30 deste mês.

 

Escola Licenciatura Vagas Colocados Nota último colocado
ESCS Relações Públicas e Comunicação Empresarial (regime pós-laboral) 30 30 149,0
Publicidade e Marketing (regime pós-laboral) 29 29 153,0
Audiovisual e Multimédia 89 89 154,0
Jornalismo 63 63 159,0
Publicidade e Marketing 61 61 162,5
Relações Públicas e Comunicação Empresarial 62 62 156,5
ESELx Artes Visuais e Tecnologias 78 78 152,5
Animação Sociocultural 29 29 133,5
Educação Básica 81 81 144,3
Educação Básica (regime pós-laboral) 20 20 137,5
Mediação Artística e Cultural 24 24 138,5
ESTeSL Dietética e Nutrição 40 40 158,2
Ortoprotesia 27 27 147,7
Fisioterapia 43 43 165,8
Farmácia 48 48 154,4
Saúde Ambiental 27 27 145,8
Imagem Médica e Radioterapia 57 57 150,9
Fisiologia Clínica 40 40 156,3
Ciências Biomédicas Laboratoriais 56 56 167,4
Ortóptica e Ciências da Visão 35 35 146,9
ISCAL Solicitadoria (regime pós-laboral) 52 52 142,0
Contabilidade e Administração 118 118 153,7
Gestão 104 104 162,6
Solicitadoria 55 55 153,7
Finanças Empresariais 56 56 159,9
Contabilidade e Administração (regime pós-laboral) 99 99 140,0
Finanças Empresariais (regime pós-laboral) 47 47 145,6
Gestão (regime pós-laboral) 85 85 151,2
Comércio e Negócios Internacionais (regime pós-laboral) 52 52 142,4
ISEL Engenharia Civil 45 38 112,9
Engenharia Eletrónica e Telecomunicações e de Computadores 83 43 108,8
Engenharia Eletrotécnica 88 32 115,5
Engenharia Informática e de Computadores 120 120 146,5
Engenharia Mecânica 104 104 130,3
Engenharia Química e Biológica 36 36 134,2
Engenharia Biomédica 26 26 152,4
Engenharia Informática e Multimédia 81 81 138,5
Tecnologias e Gestão Municipal 26 26 128,1
Matemática Aplicada à Tecnologia e à Empresa 29 29 142,2
Engenharia Informática, Redes e Telecomunicações 30 30 141,8
Engenharia Física Aplicada 40 10 131,8