Passar para o conteúdo principal
main-content
main-content

O estágio Erasmus+ é uma componente exclusivamente prática, da formação superior criada para ajudar os estudantes a desenvolverem aptidões e competências necessárias para se adaptarem mais facilmente ao mercado laboral da União Europeia. Para o estagiário, trata-se de uma ferramenta indispensável para aprofundar a proficiência de outras línguas, aumentar o nível de qualificações e adquirir experiência profissional num contexto internacional.

Uma experiência altamente enriquecedora no campo profissional e pessoal, o estágio Erasmus+ permite o desenvolvimento de competências técnicas e interpessoais, facilitando a inserção no mercado de trabalho, ao mesmo tempo que possibilita a descoberta de sociedades com referências sociais, culturais e empresariais diferentes.

Pretende-se que os estagiários fiquem melhor dotados de competências transversais indispensáveis ao mundo do trabalho como o domínio de outras línguas, o espírito empreendedor e de iniciativa, a capacidade de adaptabilidade e de comunicação ou a sensibilidade para as questões da qualidade.

O período dos estágios Erasmus+ tem uma duração mínima de 2 meses e uma duração máxima de 12 meses. O período combinado de estudos e estágios de mobilidade Erasmus+ não pode nunca ultrapassar os 12 meses no mesmo ciclo de estudos.

Qualquer empresa ou instituição no espaço da União Europeia é elegível para acolher um estágio Erasmus+.

Os estudantes são responsáveis por encontrar o seu local de estágio, contactando diretamente a instituição. Contudo, o Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Académica (GRIMA), os docentes das Unidades Orgânicas e os respetivos coordenadores podem acompanhar os candidatos, prestando informações úteis.

Consulta a plataforma PRAXIS, onde são colocadas vagas para estágios profissionais na UE.

 

Contrato Erasmus +

O Politécnico de Lisboa celebra um contrato com todos os estagiários participantes na mobilidade Erasmus+. O articulado do contrato inclui todas as exigências mínimas obrigatórias para a concessão de um período de mobilidade Erasmus+.

O contrato é feito em dois exemplares devidamente datados e assinados pelos dois contratantes: o primeiro exemplar destina-se ao estagiário enquanto o segundo fica na posse do IPL.

O Contrato Erasmus+ deve refletir todas as alterações à situação inicial:

  •  uma correção do montante da bolsa,
  •  regresso antecipado ou prolongamento do estágio,
  •  mudança das datas de realização da mobilidade,
  •  revisão do plano de estágio
  •  alteração da instituição de acolhimento, devem constar de uma adenda ao contrato

 

Todos os direitos e obrigações enquanto estagiário Erasmus+ estão definidos na Carta do Estudante Erasmus+, que é entregue ao estudante antes de partir para o estrangeiro.