Passar para o conteúdo principal
01.04.2024
Açucar e Sal | Minuto PASS

No Dia das Mentiras, o Minuto PASS decifra dois mitos que são frequentemente associados à alimentação, ajudando-o a fazer escolhas mais conscientes e informadas.

1. “O sal rosa dos Himalaias é mais saudável do que o sal de mesa”

Se opta por comprar sal dos Himalaias pensando que é mais saudável do que o sal de mesa, há uma má notícia: o teor de sódio em ambos é bastante semelhante. A diferença reside no facto de o sal rosa não ser refinado e conter outros minerais como o ferro. Lembre-se de garantir que não ultrapassa o valor máximo diário de consumo de sal recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS): uma colher de chá rasa (5g).

2. “O açúcar mascavado é mais saudável do que o açúcar branco”

Todos os tipos de açúcar possuem valores energéticos muito semelhantes entre si, a diferença pode residir no grau de refinação dos mesmos, o que irá determinar a sua cor mais ou menos acastanhada. No entanto, em termos nutricionais estes açúcares são idênticos. Segundo a OMS, diariamente, não se deve ultrapassar 12,5g açúcares livres, ou seja, cerca de 2 pacotes/dia.  

Imagem de Adobe Firefly