Passar para o conteúdo principal

h1

21.01.2022
conferência Aliança ODS Portugal

Decorreu no dia 20 de janeiro, a Conferência Comemorativa do 6.º aniversário da Aliança ODS Portugal, com o tema “A Agenda 2030 - Ação pelos ODS”, com organização da Global Compact Network Portugal e da APEE - Associação Portuguesa de Ética Empresarial, na qual o Politécnico de Lisboa participou.

Com o tema “Ação Ambiental das Instituições do Ensino Superior”, a mesa redonda, da qual o IPL fez parte, deu a conhecer as ações levadas a cabo em cada uma das Instituições de Ensino Superior participantes, com base na concretização da Agenda 2030 da ONU e consequente prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Maria João Escudeiro, vice-presidente do Politécnico de Lisboa, e responsável para área da Sustentabilidade falou do trabalho em curso na instituição quanto à promoção de práticas sustentáveis.

A dirigente começou por falar da dificuldade provocada pela dispersão geográfica que caracteriza as 8 Escolas do IPL, que que nem sempre facilita as ações desenvolvidas no campo da sustentabilidade, que a instituição assume como uma prioridade estratégica para o quadriénio 2021-2024.

Depois de assinar, em 2019, a Carta Compromisso das Instituições de Ensino Superior para o desenvolvimento sustentável, promovida pela Rede de Campus Sustentável, o IPL tem apostado, em várias abordagens de promoção da sustentabilidade ambiental, social e holística, ao promover a literacia na área.

Maria João Escudeiro falou da importância do programa Eco-Escolas, do qual o IPL faz parte e no âmbito do qual foi realizada candidatura ao programa Eco Campus.

Do ponto de vista estrutural, a vice-presidente do IPL, referiu a constituição do Conselho Eco IPL, grupo de trabalho que integra membros dos Serviços da Presidência e Ação Social, Escolas Superiores através dos coordenadores Eco Escolas, presidentes das Associações de Estudantes e Federação Académica do IPL (FAIPL) e de um representante dos funcionários técnicos, administrativos e de gestão.

Com competências colaborativas, o conselho Eco IPL promoveu, recentemente, a realização de um inquérito à comunidade académica, que visa fazer o diagnóstico da Pegada ecológica.

Em curso no Politécnico de Lisboa, está o PASS IPL – Programa de Alimentação Saudável e Sustentável que resulta de uma parceria entre o IPL, SAS-IPL e a licenciatura em Dietética e Nutrição da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

Do ponto de vista operacional, a vice-presidente referiu o esforço que está ser feito em prol da desmaterialização dos processos administrativas e académico.

 

Image
Maria João Escudeiro na conferência Aliança ODS Portugal

 

Quanto às infraestruturas, Maria João Escudeiro, referiu o projeto de construção de um edifício carbono zero no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e a substituição de lâmpadas e equipamentos elétricos mais eficientes na comunidade académica e a aposta na mobilidade sustentável.

Uma das iniciativas recentes do IPL, passou pela organização, em 2021, da 3.ª conferência do campus sustentável (CCS2021), um evento promovido pela Rede Campus Sustentável Portugal, que a vice-presidente considerou um desafio superado.

No final da intervenção, Maria João Escudeiro deu a conhecer o vídeo Eco IPL, que ilustra algum do trabalho desenvolvido na comunidade académica do IPL, produzido com o apoio de todas as Escolas e do conselho Eco IPL, produzido pelo programa E2, da Escola Superior de Comunicação Social.

A mesa Redonda “Ação Ambiental das Instituições do Ensino Superior”, foi coorganizada pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL) e teve moderação do docente Fernando Miguel Seabra e de Maria Luísa Silva, docente da Escola Superior de Ciências Empresariais, do Instituto Politécnico de Setúbal.

Para além de Maria João Escudeiro, vice-presidente do IPL, participaram, Ana Ferreira, vice-Presidente do Instituto Politécnico de Coimbra, António Curado, pró-presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Carlos Mata, vice-presidente do Instituto Politécnico de Setúbal e Margarida Gomes, diretora Técnico-Pedagógica da ABAE - Associação Bandeira Azul da Europa.

No final, os oradores tiveram oportunidade de responder a algumas das questões feitas pelos participantes, através do chat da plataforma.

Texto de CSS/GCI IPL