Passar para o conteúdo principal

h1

17.01.2022
Teatro

Ao longo dos próximos 3 anos, uma rede de 5 instituições de ensino superior europeias e 4 teatros nacionais vão trabalhar em conjunto, tendo em vista a criação de um espaço aberto de reflexão sobre a educação artística, especificamente do Teatro, através da dinamização do projeto "Nos-Nous - Artistic Responsibility Challenges in Higher Education (ARCHE)” financiado pelo programa europeu  Erasmus+ / Key Action 2: Cooperation among organizations and institutions - 2021-1-PT01-KA220-HED-000032169.

O "NOS/NOUS" junta a Escola Superior de Teatro e Cinema (Lisboa), a Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto (Porto), a Escola Superior de Arte Dramática de Galicia (Espanha - Vigo), a École Nationale Supérieure des Arts et Techniques du Théâtre (França - Lyon) a HFMT – Hochschule für Musik und Theater Hamburg (Alemanha - Hamburgo), o Teatro Nacional Dona Maria II (Lisboa), o Teatro Nacional de São João (Porto), LES Célestins – Théâtre de Lyon (França-Lyon) e a Axencia Galega das Industrias Culturais (Espanha -Santiago de Compostela).

O projeto pressupõe a dinamização de Seminários internacionais, Residências criativas e Laboratórios de performance e experimentação associados à criação de performances artísticas - uma por ano - interpretadas por estudantes de instituições de ensino superior e, posteriormente, apresentadas nos Teatros parceiros da iniciativa.

É através desta metodologia que se pretende, numa perspetiva de médio-longo prazo, promover a reflexão sobre os currículos e modelos de ensino-aprendizagem nas escolas de teatro europeias assim como proporcionar aos estudantes, ainda no seu processo de aprendizagem, a oportunidade de aprofundar as suas competências de trabalho transnacionais, atuando num ambiente multicultural e multilíngue.

 

Image
Luca Aprea e David Antunes
Luca Aprea, coordenador do projeto europeu e David Antunes, presidente da Escola Superior de Teatro e Cinema

 

Para o coordenador deste projeto europeu, professor Luca Aprea (ESTC-IPL), as escolas de Teatro precisam de criar tempo e espaço nas suas agendas para reflectir sobre os seus currículos e metodologias, para acompanhar eficazmente a formação de estudantes e professores. Este projecto pretende reflectir sobre o lugar da escola na passagem dos estudantes do percurso de formação para o contexto profissional, criando uma nova rede para o futuro, trabalhando com estudantes de diferentes geografias e com diferentes contextos de aprendizagem, gerando condições para a produção e circulação destes futuros profissionais das artes performativas, contribuindo para um sentido de identidade cultural e artística europeia.

Este projeto Erasmus+ Ka 2 sinaliza o interesse e a liderança da ESTC em ações e projetos de âmbito internacional e decorre também do conhecimento adquirido, da partilha de boas práticas e de parcerias estabelecidas, nomeadamente do projeto Entrepreneurial Challenges in Theatre Higher Education Curricula (ECTHEC). Subjacentes a estas parcerias estratégicas estão a produção e partilha de conhecimento e práticas, a mobilidade, a experimentação de possibilidades educativas em ambiente intensivo, orientado e internacional, a exploração de modalidades colaborativas no processo de investigação e ensino, a criação de sinergias de disseminação incubadoras de novos projetos e parcerias.